capa do livro

Página de apresentação do livro

O Fio das Palavras

Um estudo de psicoterapia existencial

Autor: Luiz A. G. Cancello

Summus Editorial, 1991 (1ª edição)
Summus Editorial, 1998 (2ª edição)
Summus Editorial, 1999 (3ª edição)
Summus Editorial, 2003 (4ª edição)
Summus Editorial, 2008 (5ª edição)
Summus Editorial, 2011 (6ª edição)

Ficha Técnica
Apresentação
Vídeo
Divulgação


Ficha Técnica:

Edição: Summus Editorial
R. Itapicuru, 713 - 7º andar
São Paulo - SP
CEP 05013
Tel. (11) 3873-7085

Capa: Edmundo França/Caso de Criação


O texto da quarta capa apresenta o livro:



Como conciliar a singularidade do indivíduo com a
generalidade dos conceitos teóricos da Psicologia?
O que dizer do eterno dualismo corpo-mente?
Existe algum conceito aceitável de normalidade
psíquica, para servir de base à idéia de cura? Ou
essa idéia pode ser pensada em outros termos?
Essas questões foram escolhidas, entre outras
possíveis, para servir de fio condutor deste livro,
tendo como base um estudo de caso.
Luiz A. G. Cancello nos convida a respirar a
atmosfera da psicoterapia a partir do encontro de
João com seu psicoterapeuta. Um dos raros
textos nacionais sobre psicoterapia existencial,
destinado a estudantes, profissionais e leigos
interessados em conhecer essa vertente teórica,
acompanhando um paciente em busca da cura.


Vídeo

Em novembro de 2015 um grupo de alunos do Curso de Psicologia de Jaguariúna
me pediu um vídeo em que eu falasse do processo de escrita de "O Fio das Palavras".
Vejam:


Divulgação


"O Fio Das Palavras" tem sido adotado como leitura complementar em diversos cursos universitários de Psicologia,
principalmente na disciplina de Teorias e Técnicas Psicoterápicas.
É importante para o autor ter conhecimento dos lugares onde seu texto é aproveitado para esse fim.
Se você souber de alguma Universidade que recomende o livro,
envie-me um e-mail (luiz.cancello@gmail.com) informando o nome da instituição e do professor que o adota.
Caso você queira adquirir "O Fio das Palavras" e não o encontre nas livrarias, avise-me. A editora será notificada.

Obrigado!


Volta ao topo da página
Volta à página de Psicologia